Cinco servidores de Ciretran são investigados por suposta cobrança de propina em MT

Cinco servidores da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Sapezal, a 473 km de Cuiabá, são investigados por um suposto esquema de fraude na emissão Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Processo administrativo foi instaurado pela CGE (Foto: Divulgação)
O processo administrativo disciplinar para apurar foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE).

De acordo com a Controladoria Geral do Estado (CGE-MT), o esquema teria funcionado entre os anos de 2014 e 2016.

Três dos cinco investigados chegaram a ser presos em flagrante em 2016 durante uma operação policial.

Eles são suspeitos de cobrarem propina de motoristas para facilitar procedimentos de transferência de veículos e cancelamento de notificações e restituição de CNH.

Os servidores teriam utilizado logins e senhas de outros funcionários para lançar dados falsos no Sistema Informatizado do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT).

Eles respondem por crime contra a administração pública, improbidade administrativa e corrupção.

Ao fim do processo, os servidores podem ser demitidos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.