Taxista é acusado de estuprar menina de sete anos em pátio de igreja evangélica


Uma menina de sete anos foi vítima de um estupro, na tarde da última quarta-feira (08), na cidade de Paranatinga (537 quilômetros de Cuiabá). O crime teria acontecido no pátio de uma igreja evangélica, durante um evento. A menina relatou o caso para a avó materna, que a acompanhou até a delegacia para o registro da ocorrência. O acusado é um taxista de 59 anos.

Para uma policial militar, a menina contou que teria sido abordada no pátio de uma igreja evangélica, próximo a um banheiro. O suspeito teria passado as mãos nos seios da menina e em seguida a beijo na boca.

A PM informou que havia recebido a denúncia e por isso seguiu até a escola da menina. Na ocasião, perguntou se alguma das crianças tinha histórias pra contar e foi aí que a vítima aproveitou e afirmou que tinha uma história triste e que só contaria para a policial.

Ouvida, ela contou todos os detalhes do que ocorreu durante o evento da igreja. O suspeito foi conduzido, prestou depoimento e, como não houve flagrante, foi liberado.

Caso parecido

Imagens do circuito interno flagraram o momento que um menino de oito anos fica trancado com um homem em um banheiro da Igreja Nossa Senhora do Bom Despacho, em Cuiabá. O fato teria acontecido no último domingo (5), por volta das 11 horas, mas só veio à tona após circulação do vídeo nas redes sociais. A criança foi salva por um coroinha, que impediu a ação.

(Com informações do Agora MT)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.