Taques e Emanuel se estranham e trocam farpas

O governador Pedro Taques (PSDB) e o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) se "estranharam" durante um plantio de mudas de árvores, realizado na manhã desta terça-feira (5), às margens da rodovia MT-251, que leva o nome do pai do prefeito.

O prefeito Emanuel Pinheiro e o governador Pedro Taques durante evento nesta manhã: cutucadas
O “climão” ocorreu já no início do evento, no começo do discurso do governador. Olhando para Emanuel, ele disse: “Bom dia a todos, quero cumprimentá-los nesse frio polar de Cuiabá. Um frio em que todos saíram de casa com paletó, como diz o povo de Cuiabá”.

A fala de Taques gerou mal-estar e deixou Emanuel visivelmente irritado, já que o termo "paletó" remete ao episódio em que ele foi gravado recebendo maços de dinheiro no gabinete do ex-governador Silval Barbosa.

Taques emendou seu discurso e, em dado momento, reiterou ao prefeito um pedido para que um trecho da Rodovia Emanuel Pinheiro fosse alterado (entre o Atacadão até a Fundação Bradesco) para Rodovia Emanuel Pinheiro / Avenida Ramis Bucair.

Imediatamente, o prefeito fez um sinal de reprovação em relação ao pedido do governador.

“Tenho um pedido a fazer, já conversamos muito sobre isso, vossa excelência é sempre irredutível. Mas tenho certeza que nesse ambiente polar que nós estamos aqui, num frio cuiabano... gostaria de fazer uma homenagem também a Ramis Bucair, que foi outro grande mato-grossense. Não vamos retirar o nome do seu pai, apenas acrescentar”, afirmou Taques.

Longe do microfone, o prefeito que acompanhava o discurso, respondeu: “Pedido negado. Vamos encontrar uma alternativa”.

“O pedido está feito, mas reconhecemos que Emanuel tem dificuldade nisso, por isso vamos colocar dois nomes nessa rodovia”, rebateu Taques.

Em seguida, Taques encerrou sua fala e ambos se cumprimentaram. Nesse momento, Emanuel propôs ao governador encontrarem uma solução para a questão do nome do trecho da rodovia.

Depois disso, ambos fizeram o plantio de uma muda de árvore e se afastaram.

“Cemitério Pedro Taques”

Ao final do evento, quando o governador já havia se retirado, a reportagem questionou ao prefeito se ele aprova a alteração no nome da rodovia.

De pronto, ele disse que não, e emendou que a questão é coisa de quem “não tem o que fazer”.

Emanuel afirmou ainda que, se Taques insistir na mudança, ele também irá fazer uma "homenagem" ao tucano, batizando um novo cemitério, que deverá ser construido no bairro CPA, de "Governador Pedro Taques".

“Não vai mudar nada (o nome da rodovia). Isso é loucura do Pedro. Não tem o que fazer. Tanto bairro pra colocar nome, vai mudar rodovia Emanuel Pinheiro, a mais tradicional do Estado? Vem o governador com essa falta do que fazer. Em hipótese alguma será alterada”, disse Emanuel.

“Se acontecer isso, estou pensando em inaugurar o cemitério, que terá o primeiro crematório de Cuiabá, no CPA. Se ele fizer isso aqui na rodovia (mudar o nome), vou colocar o nome de Cemitério Governador Pedro Taques. Aqui não muda não”, disse Emanuel, irritado.

Fonte: CAMILA RIBEIRO/MÍDIA NEWS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.