Reunião entre prefeitura e Sintep termina sem acordo e greve continua em Nobres

A reunião realizada nesta quarta-feira (23) entre a Prefeitura Municipal e o Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público subsede de Nobres, terminou sem acordo.

O encontro entre representantes da categoria e da Secretaria de Municipal de Educação, Procurador e o prefeito Leocir Hanel foi marcado para tentar pôr fim à greve, iniciada há 9 dias.

Os servidores querem um reajuste de 6.08%% e a proposta do Executivo é de 2.07%. Após duas horas de reunião nenhuma deliberação para por fim ao impasse foi apresentada.

Preocupado com os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal, Hanel, explicou que o reajuste apresentado pelos sindicalistas implicaria em aumento significativo na folha, extrapolando o que determina a LRF.

Representantes da categoria, convocaram uma assembleia para o inicio da tarde, com objetivo de discutir os próximos passos do movimento. Uma das propostas é levar cópia da ata ao Ministério Público e entrar com ação, contra o município, que anunciou corte no ponto dos grevistas.

Nenhum vereador participou da reunião e os professores criticaram a postura da Câmara, que segundo eles “virou as costas”, para os servidores, nem mesmo os membros da Comissão de Educação se deram ao trabalho de participar da rodada de negociação.


Fonte: Nobres Noticias

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.