Falta de diesel afeta atividades de usinas de produção de etanol e açúcar em MT

Falta de combustível prejudica a colheita e o transporte da cana de açúcar (Foto: Divulgação/ETH Bioenergia)
A greve dos caminhoneiros afetou as atividades das usinas de etanol e açúcar em Mato Grosso devido à falta de óleo diesel que é utilizado na colheita e no transporte da cana-de-açúcar.

O diretor-executivo do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado (Sindalcool-MT), Jorge dos Santos, afirmou que pelo menos três usinas pararam nesse domingo (27), mas, segundo ele, a entidade está averiguando a situação de cada uma das 11 usinas do estado.

O combustível não chega até as usinas por causa da paralisação dos caminhoneiros, que começou há uma semana.

De acordo com o Jorge dos Santos, as atividades serão retomadas após o reabastecimento nos postos da região.

“Estão parando conforme o diesel e a matéria-prima vão acabando. A retomada das atividades vai depender do fim da paralisação”, disse.

Segundo Jorge, as indústrias estão perdendo os insumos utilizados nos processos químicos.

“Trabalhamos 24 horas e, quando as atividades são suspensas, perdemos os produtos que fazem a destilação. Com isso, todo o processo é reiniciado e o que já estava em andamento é perdido”, explicou.

Ele avalia que outras usinas devem ter as atividades suspensas e, para isso, será feito um levantamento nesta segunda-feira (28) junto aos representantes das fábricas.

Nesta segunda-feira, 32 trechos de rodovias federais e estaduais ainda têm protestos, apesar das medidas anunciadas pelo presidente da República, Michel Temer (MDB), nesse domingo (27), para tentar pôr fim à greve.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.