Encontro em Rosário Oeste debate estratégias para fomentar turismo no “Circuito das Águas”

Mais de 150 pessoas participaram do Encontro Regional de Turismo do Circuito das Águas realizado em Rosário Oeste (128 km ao Norte de Cuiabá), nos dias 7 e 8 de abril. O objetivo do evento foi discutir maneiras para executar o turismo em parceria com oito municípios e integrar ações conjuntas com gestores e empresários da região. O presidente da Fundação de Cultura e Turismo do município, Uller Roma, destacou a importância do Encontro e o debate que enfocou o potencial turístico e o patrimônio histórico.

Mais de 150 pessoas participaram do Encontro Regional de Turismo do Circuito das Águas realizado em Rosário Oeste
(Foto: ASSESSORIA)
Conforme Uller, o município de Rosário Oeste possui cachoeiras espalhadas e mais de 200 cavernas secas e alagadas no distrito de Bauxi. Hoje, os turistas visitam a cachoeira da Serra Azul (Sesc Pantanal) e o Rio Triste (Fazenda Água Branca), passeios de flutuação no distrito de Marzagão e Praia das Embaúbas com festival que reúne mais de 50 mil turistas no mês de setembro. Existem fazendas na região rural, algumas delas construídas por escravos, o que os torna grandes atrativos para o turismo rural.

O prefeito João Balbino comentou que trabalhar com turismo foi um desafio, e após 11 meses de implantação começa a ver os resultados na arrecadação, que poderá chegar a R$ 100 mil por ano. Ele explica que a vocação do município é a agricultura familiar e o turismo. Segundo Balbino, a parceria com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer)  auxilia na produção e também no turismo rural.

O presidente da Empaer, Cândido dos Santos Rosa Júnior, participou do evento e esclareceu que o Turismo Rural na Agricultura Familiar foi instituído com o intuito de fomentar a agricultura no Estado e possibilitar mais uma fonte de renda as famílias no campo. E ainda ressaltou que a legislação do Turismo Rural conta com ações que visam a realização do turismo ambientalmente sustentável. “Com o objetivo de transformar o turismo em atividade geradora de emprego e renda, a Empaer já executa ações em alguns municípios e está elaborando um projeto para realizar um diagnóstico em cidades com vocação para a atividade”, salienta.

O Encontro contou com a participação de gestores, produtores rurais, extensionistas e empresários que fazem parte do circuito os municípios de Nobres, Diamantino, Jangada, Chapada dos Guimarães, Nova Brasilândia, Nortelândia e São José do Rio Claro. O evento teve o apoio do Sebrae, Sesc Pantanal, Empaer e outros.

Cachoeira Serra Azul em Rosário Oeste/MT (Foto: ASSESSORIA)
Produtos da terra

Para recepcionar os participantes do evento foi realizado o tradicional “café da roça”, organizado pelos técnicos da Empaer  com produtos oriundos da agricultura familiar. A extensionista social da Empaer, Miriam Santos Costa Scaravelli, fala que elaboraram pratos salgados e doces, sucos e geléias com produtos do meio rural.

Os produtores rurais da comunidade Forquilha do Manso trouxeram vários produtos para mostrar e comercializar durante o evento. A produtora Eleuza Macedo comercializou doce de leite em pasta e tablete. Da mesma maneira, a produtora rural Maria Isabel Lima apresentou os produtos que comercializa na região e na capital, sendo doces de laranja, mamão e outros.

FONTE: Governo/MT

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.