Com ajuda de moradores, administradores pagam primeira parcela de dívida de hospital

Após uma semana de mobilização, os moradores de Rosário Oeste, a 133 km de Cuiabá, conseguiram arrecadar dinheiro suficiente para pagar a primeira parcela da dívida do hospital, que é dirigido Associação Municipal de Proteção e Assistência de Rosário Oeste (Amparo).

Moradores fazem "vaquinha" para salvar hospital (Foto: Arquivo Pessoal)
Com medo da unidade fechar as portas, os moradores fizeram diversas ações para arrecadar dinheiro. Entre elas, uma "vaquinha" virtual.

De acordo com o diretor da instituição, Assunção Igino, por meio do movimento “SOS Amparo”, que percorreu o comércio da cidade pedindo doações, os moradores já conseguiram arrecadar R$ 43 mil.

“É o suficiente para pagarmos a primeira parcela da dívida com o INSS e outras duas dívidas”, disse.

Igino explicou ainda que, depois do pagamento da parcela, o hospital terá as certidões negativas que permitem firmar convênios com governo estadual e federal.

O padre Manoel da Ascensão Pereira e Silva, que lidera o movimento, disse que o objetivo é arrecadar dinheiro suficiente para saldar toda a dívida. Por isso, as ações vão continuar.

“Faremos atividades culturais, com shows e almoços, além da “vaquinha” que continua recebendo doações. Queremos arrecadar o valor total da dívida”, disse o padre.

Fonte: G1 MT

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.