Homem que revendia peixe é preso com 231 kg de pescado ilegal em Cuiabá

Um homem que revende peixe foi preso, nesta sexta-feira (10), em Cuiabá com 231 kg de pescado irregular, segundo a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema-MT). De acordo com o governo, o homem preso é reincidente no crime e foi multado em R$ 44 mil. A identidade dele não foi divulgada.

O preso foi encaminhado para a Delegacia do Meio Ambiente (Dema). Em depoimento, o homem contou que adquiriu os peixes de pescadores em Barão de Melgaço, a 121 km de Cuiabá, e os revenderia com preço acima do mercado.

Os peixes das espécies cachara e pintado apreendidos na operação foram doados para instituições de caridade da capital.

A apreensão do pescado foi feita durante o período de piracema, quando a pesca é proibida para a que os peixes se reproduzam.

Neste período, é permitida somente a modalidade de pesca para subsistência, praticada artesanalmente por populações ribeirinhas.

A cota diária por pescador é de 3 kg e um exemplar de qualquer peso, respeitando os tamanhos mínimos de captura estabelecidos pela legislação para cada espécie.

Também é proibido o transporte e comercialização de pescado oriundo da subsistência. A modalidade pesque e solte ou pesca por amadores também estará proibida nos rios de Mato Grosso.

Peixes foram apreendidos e doados para instituições de caridade (Foto: Sema-MT/Divulgação)
Fonte: G1 MT

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.