Esse é o grande risco que você corre ao dormir mais de 9 horas por dia



Você tem o costume de dormir quantas horas por noite? O sono se torna privilégio quando entramos na vida adulta. Com tantas responsabilidades, ter uma boa noite de sono se torna algo raro. Mas será que dormir demais também não tem suas desvantagens? Em um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Boston, pessoas que geralmente dormem mais de nove horas por noite têm o dobro de riscos de desenvolver demência em um período de dez anos.



Essa informação faz parte do Framingham Heart Study, um painel de pesquisas do Instituto Nacional do Coração dos Estados Unidos, que desde 1948, pega dados médicos de milhares de pessoas na cidade de Framingham. Os participantes informaram quanto tempo de sono eles tinham a cada noite, tornando possível identificar as pessoas que desenvolveram demência ao longo de tempo. Segundo alguns pesquisadores, um volume maior de horas dormindo seria um sintoma claro de degeneração no cérebro. Os estudos demonstraram que essas pessoas apresentaram menos volumes cerebrais. Segundo o neurologista e professor da Universidade Federal de São Paulo, Cícero Galli Coimbra, a degeneração neurológica está associada a vários fatores, que vão do estado emocional à forma que a pessoa se alimenta.



Horas de sono são essenciais para o sistema nervoso, mas há certas deficiências crônicas que provocam distúrbios do sono, como as alterações emocionais, que levam à inflamação crônica do cérebro, e as deficiências de magnésio e vitamina D.



O que é a demência?




É uma doença que tem como característica a perda lenta e progressiva da memória, concentração e capacidade de aprendizado. Ao passo que a pessoa envelhece, as alterações cerebrais geram uma relativa perda de memória, principalmente em fatos recentes. A falta de memória em pessoas mais velhos é conhecida como perda de memória senil benigna.



A doença se inicia de forma lenta e vai se agravando gradativamente, e muita das vezes não é identificada em sua fase inicial. Pessoas nessas condições tem dificuldade de encontrar a palavra certa, e também, de reconhecer pessoas, lugares e objetos. Alterações de personalidade também são comuns.



Fonte: FATOS DESCONHECIDOS

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.