Após fuga de 27 presos, revista em penitenciária apreende celulares, chips e droga em MT

Depois da fuga em massa de 27 presos, uma revista na Penitenciária Major Eldo Sá, a Mata Grande, em Rondonópolis (218 km ao Sul de Cuiabá), apreendeu diversos aparelhos celulares, chips e droga na unidade, durante esta terça-feira (14).

Os presos conseguiram escapar depois que criminosos explodiram parte do muro da unidade.

Dos 27 que fugiram, 16 foram recapturados até esta terça-feira (15).

De acordo com a direção da unidade, a revista foi feita por agentes penitenciários durante toda esta terça-feira. A operação, batizada de ‘Republicana’, começou por volta das 5h e terminou às 18h.

Foram apreendidos 35 celulares, 52 chips de várias operadoras, 11 porções de maconha, diversos carregadores e fones de ouvido. A revista, feita também na ala anexa ao presídio, apreendeu ainda facas artesanais.

De acordo com o governo, os últimos seis detentos foram detidos nesta terça-feira.

Fuga

Segundo a Sejudh, os presos fugiram após a explosão em parte do muro lateral direito. Antes eles serraram a grade de uma das celas do raio 3 e o alambrado que divide o local perto do muro. A explosão foi causada por artefatos presos em uma bicicleta, que foi encostada na muralha e acionada a distância.

Momentos antes da explosão, agentes penitenciários que ficam nas torres de vigilância avistaram duas pessoas se escondendo na mata ao lado da penitenciária e logo em seguida o estrondo, seguido de tiros contra a muralha e os agentes.

Após fuga de 27 presos, revista apreende celulares, chips e droga em Rondonópolis (MT) (Foto: Sindspen/MT)
Fonte: G1 MT

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.