Em MT, 205 motoristas abandonaram locais de acidente em trechos de BRs

Ocorrências foram registradas em trechos sob concessão das BRs 163, 364 e 070  (Foto: Lucas Ninno/Gcom-MT)
Em 2016, mais de 200 motoristas abandonaram os locais de acidente em trechos sob concessão das BRs 070, 364 e 163 que passam por Mato Grosso, de acordo com a Concessionária Rota do Oeste, responsável pelos trechos. Desse total, cinco condutores deixaram os locais de acidentes após se envolverem em ocorrências com mortes.

Segundo o Código Brasileiro de Trânsito (CTB), abandonar o local sem prestar socorro ou aguardar autoridade policial configura infração gravíssima.

Ao todo, 205 condutores não cumpriram a legislação e deixaram os locais sem prestar socorro ou sem registrar a ocorrência. Os motoristas que se envolveram em colisões traseiras foram os que mais abandonaram os locais de acidente. No ano passado, 98 casos deste tipo foram registrados.

Já os atropelamentos, segundo a Rota do Oeste, três casos de fuga foram registrados. Em 2016, este tipo de acidente foi o que amais gerou mortes nos trechos sob concessão, segundo a Rota do Oeste.

De acordo com o CTB, o condutor pode ter o direito de dirigir suspenso e perder a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), caso abandone o local sem prestar socorro às vítimas ou de apresentar-se ao policial e de prestar informações para o registro da ocorrência. A infração é considerada gravíssima.

Fonte: G1 MT
Tecnologia do Blogger.