Mato Grosso registrou 74 ataques a banco em 2016, diz sindicato

Mato Grosso registrou 74 ataques contra agências bancárias e explosões de caixas eletrônicos no ano de 2016, segundo levantamento do Sindicato dos Bancários de Mato Grosso (Seeb/MT). Os dados englobam assaltos, arrombamentos e explosões em terminais bancários. Já a Polícia Civil de Mato Grosso contabilizou 25 assaltos a banco no estado, no ano passado.

Segundo dados da Polícia Civil, foram 25 assaltos a bancos em Mato Grosso no ano de 2016 (Foto: Reprodução/TVCA)
Neste ano, só nos 17 primeiros dias, já foram quatro assaltos. De acordo com o levantamento do sindicato, houve uma redução de 16% dos casos em relação ao ano passado. No total, em 2015, foram registradas 86 ocorrências. O mapeamento tem como base as informações obtidas em visitas às agências bancárias.

Ainda conforme o levantamento, foram registrados 30 assaltos, 10 arrombamentos e 32 explosões contra caixas eletrônicos, sendo que apenas dois terminais de autoatendimento, instalados fora das agências, foram explodidos, inclusive, um terminal instalado dentro do Comando-Geral da Polícia Militar, em Cuiabá. Ainda foram registrados um ataque a carro-forte e uma saidinha de banco.

Dos 30 assaltos ocorridos em agências bancárias na modalidade chamada de 'a vapor', comparando com as ocorrências de 2015, o número dobrou. No ano passado, o Sindicato contabilizou 15 assaltos. A modalidade 'a vapor' é classificada por bandidos armados que invadem as agências e rapidamente realizam o ataque.

“Nós consideramos esse crime ['a vapor'], como uma forma menos agressiva: os bandidos entram rapidamente nas agências, retiram o que puderem dos caixas e saem o quanto antes para evitar a reação policial”, explicou o delegado Flávio Stringueta, da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) de Mato Grosso.

Ainda, desses 30 assaltos ocorridos em 2016, os alvos principais foram as cooperativas de créditos. As unidades foram atacadas 17 vezes.

Fonte: G1 MT

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.