Los Angeles aprova candidatura para Jogos de 2024 com baixo orçamento

Os líderes da prefeitura de Los Angeles aprovaram em uma votação nesta quarta-feira a candidatura para os Jogos Olímpicos de 2024 de forma unânime. Com um plano de baixo orçamento, a cidade que poderá sediar o maior esportivo do mundo pela terceira vez assinará um contrato cobrindo qualquer déficit fiscal. As autoridades estimaram um gasto de até US$ 5,3 bilhões para sediar a competição - o equivalente a R$ 16,8 bilhões. O valor seria coberto pelo dinheiro arrecadado através de patrocínios, venda de ingressos e direitos de transmissão. Os Estados Unidos não recebem os Jogos de verão desde Atlanta 1996. Em 2002, o país foi anfitrião nas Olimpíadas de inverno, em Salt Lake City. 

Projeto olímpico de Los Angeles 2024 (Foto: Reprodução internet)
Caso o montante ultrapasse o valor, a cidade se comprometeu a arcar com uma quantia de até US$ 250 milhões (R$ 792 milhões), e, se necessário, o governo da Califórnia arcaria com o mesmo custo. Nenhum dos líderes presentes no encontro se opôs à candidatura, definida por 13 votos a 0. No acordo entre o comitê de candidatura e a prefeitura, foram estabelecidas medidas financeiras que preveem uma soma de US$ 500 milhões (R$ 1,5 bilhão) para emergências.

Los Angeles sediou duas vezes as Olimpíadas, em 1932 e 1984. Para os Jogos de 2024, as outras candidatas são Paris e Budapeste. O Comitê Olímpico Internacional (COI) espera divulgar o nome da cidade-sede em uma reunião em setembro, no Peru. 

Entre as propostas apresentadas pela cidade californiana, está o uso de arenas e locais de disputa existentes, como o Memorial Coliseum, palco dos Jogos de 1932 e 1984, e que terá 101 anos em 2024. O símbolo escolhido pela candidatura de Los Angeles é a figura de um anjo iluminado por raios de luz, com a frase "Siga o sol". 

As autoridades de Budapeste promoveram a ideia da curta distância entre as venues como vantagem, enquanto Paris usa como trunfo o seu histórico em receber grandes eventos, como a Copa do Mundo de futebol, em 1998. 

Tecnologia do Blogger.