Lateral-esquerdo Jorge é vendido ao Monaco e deixa o Flamengo

O lateral-esquerdo Jorge, do Flamengo, foi vendido ao Monaco, da França, nesta quinta-feira de manhã. O jogador atuou pela seleção brasileira nesta quarta-feira, contra a Colômbia, no Jogo da Amizade, e estava também na mira do Manchester City, da Inglaterra.

Jorge deixa o Flamengo ainda em janeiro deste ano (Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)
O lateral-esquerdo sairá ainda nesta janela de transferências internacionais, que se encerra no dia 31 de janeiro. Dentro dos bastidores da Gávea, há a certeza de que será a maior venda da história do clube, superando a de Renato Augusto em 2008, que rendeu cerca de R$ 15 milhões aos cofres rubro-negros. Segundo o último balanço, o clube tem 70% dos direitos federativos do jogador.

O empresário de Jorge, Eduardo Uram, afirmou não poder se pronunciar sobre o caso e transferiu a responsabilidade para Flamengo e Monaco, clubes envolvidos na negociação.
- Não posso confirmar nada, cabe aos clubes comentarem o caso. 

Jorge foi revelado nas categorias de base do Flamengo e disputou duas edições da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em 2015, depois de boas atuações no time sub-20, foi promovido pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. Porém, sua estreia nos profissionais acorreu em 2014, na última rodada da Taça Rio, quando o técnico interino Marcelo Buarque escalou um time reserva.

Fonte: Globo Esporte
Tecnologia do Blogger.