Funcionário e mais 3 suspeitos de furtar R$ 39 mil são presos festejando

O funcionário de uma empresa de comércio de cereais e mais três pessoas foram presos nesta segunda-feira (23), em Colniza, a 1.065 km de Cuiabá, suspeitos de invadir o prédio da empresa e furtar R$ 39 mil em dinheiro e cheques, além de peças de picanha e outros produtos. O crime ocorreu na madrugada do mesmo dia e os suspeitos foram flagrados fazendo um churrasco com a carne furtada.


Parte do dinheiro e de carne furtada foi recuperada (Foto: Assessoria/ Polícia Civil-MT)
Segundo o policial civil Robenilson Barros, o funcionário da empresa informou aos colegas a localização do cofre, assim como outras informações, além de ter participado diretamente do furto. Para entrar no local, eles pularam um muro de aproximadamente 4 metros de altura.

"Eles arrombaram o cofre, pegaram o dinheiro, cheques, ouro, e depois foram até o freezer e furtaram as peças de picanha", contou. Eles usaram ferramentas da própria empresa para cortar a porta do cofre.

A polícia começou a investigar o caso e identificou indícios da participação do funcionário da empresa no furto. O suspeito então foi localizado e questionado sobre o crime. Ele então confessou o furto e ainda ajudou a localizar os outros três suspeitos e ainda indicou o local onde os cheques furtados estavam escondidos.

Quando foram presos, os jovens com idades entre 18 e 23 anos já tinham gasto parte do dinheiro furtado e faziam um churrasco em uma casa para comemorar o crime. Eles foram flagrados com parte do dinheiro e dos cheques furtados, totalizando cerca de R$ 21 mil. Algumas peças de picanha também foram apreendidas.

Na delegacia, eles confessaram o crime e foram autuados em flagrante por furto qualificado e receptação.

Fonte: G1 MT
Tecnologia do Blogger.