Dois homens são presos com 3,4 mil calcinhas e cuecas sem nota fiscal

Dois homens foram presos na madrugada desta segunda-feira (30) na BR-070 ao transportarem 3,4 mil calcinhas, cuecas, jogos de cama e relógios de pulso, durante uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no município de Poconé, a 104 km de Cuiabá. Segundo a PRF, por não apresentarem nenhum tipo de nota fiscal ou documento, os dois foram presos pelo crime de descaminho.

Dois homens foram presos com 3,4 mil calcinhas e
 cuecas sem nota fiscal (Foto: Assessoria/PRF)
De acordo com os policiais rodoviários, a apreensão ocorreu no km 634 da BR-070, por volta de 4h40 [horário de Mato Grosso]. Uma caminhonete Hilux, conduzida por um homem de 38 anos, foi abordada pelos policiais. O motorista demonstrou nervosismo enquanto a revista era feita.

Ele também declarou informações contraditórias a respeito da viagem. O motorista alegou que retornava de Cuiabá, no entanto, confessou que retornava da cidade de Ponta Porã, Mato Grosso do Sul.
Os policiais rodoviários encontraram uma grande quantidade de roupas íntimas e vestuário no interior da caminhonete e na carroceria do veículo. Não havia nenhum tipo de nota fiscal ou documento de compra. Para a PRF, a situação se configurou como descaminho.

Foram apreendidas 3.490 calcinhas, cuecas, jogos de cama e relógios de pulso. Os produtos estavam distribuídos em sete fardos, sendo três grandes lacrados e outros quatro de tamanho médio, todos embalados em fitas e sacos plásticos. A mercadoria foi apreendida e entregue para a Receita Federal em Cáceres, a 220 km de Cuiabá.

Fonte: G1 MT
Tecnologia do Blogger.